Incêndio

burning firewood


As chamas crepitavam jorrando calor em mim,
já me acostumei com o fogo e dele não fujo.
Deixo-me ser devorada por ele,para que por
dentro eu renasça como uma fênix 
saída das cinzas,com uma alma flamejante
que não se cansa nem se estremece. 



2 Comentários

Larissa Fonseca disse...

Esses versos são as chamas <3 Adorei!

LIA disse...

Oi Lari! muito obrigado,fico feliz que tenha gostado do verso.

Abraços para você!☆

Postar um comentário

Fique a vontade para dar a sua opinião.